Você está aqui: Página Inicial > Sala de Situação > Reservatórios do Nordeste e Semiárido

Sala de Situação

Inaugurada em 2009, a Sala de Situação da Agência Nacional de Águas (ANA) monitora e analisa a evolução das chuvas, dos níveis e da vazão dos principais rios, reservatórios e bacias hidrográficas. Todas as informações são compartilhadas por meio de boletins e de sistemas de monitoramento, servindo de suporte para a decisão das autoridades responsáveis pela gestão de eventos hidrológicos críticos no País. Assim, a ANA participa do planejamento e promove ações destinadas à prevenção e redução dos efeitos das secas e inundações no Brasil.

Acesse os sistemas no menu ao lado ou selecione na barra azul abaixo a área desejada para conhecer os boletins e outras informações.

Sala de Situação

Reservatórios do Nordeste e Semiárido



Notícias mais recentes

Monitor de Secas indica aumento das áreas com seca em sete estados e redução em outros quatro

Mapa do Monitor mais atual aponta aumento das áreas com seca na Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro e Tocantins em comparação a junho. Redução das áreas com o fenômeno aconteceu em Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Demais estados do Monitor e o DF registraram estabilidade.

Monitor de Secas chega ao Centro-Oeste com a entrada do Distrito Federal e Goiás

Monitor de Secas já está presente nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte e Sudeste, acompanhando o fenômeno em 14 estados e no DF. Chuvas de junho diminuíram áreas com seca em sete estados nordestinos em comparação a maio. DF foi única unidade da Federação monitorada a não registrar seca no último mês.

Monitor de Secas registra fevereiro sem seca extrema pela primeira vez desde 2015

Chuvas de fevereiro diminuíram áreas com seca e/ou a intensidade do fenômeno no Nordeste, Espírito Santo, Minas Gerais e Tocantins.

Rio de Janeiro entra no Mapa do Monitor de Secas sem registrar o fenômeno em maio

Monitor de Secas já abrange 13 estados das regiões Nordeste, Norte e Sudeste. Chuvas de maio diminuíram áreas com seca em nove estados do Nordeste e Tocantins em comparação a abril. Rio de Janeiro foi o único estado a não registrar seca em maio.