Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Webinar discute ações de monitoramento do novo coronavírus em esgotos no Brasil nesta sexta (24)

Notícias

Webinar discute ações de monitoramento do novo coronavírus em esgotos no Brasil nesta sexta (24)

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 22/07/2020 16h09 última modificação: 22/07/2020 16h15

Para promover o compartilhamento de diferentes experiências brasileiras no monitoramento do novo coronavírus (COVID-19) em esgotos, especialistas se reúnem no 2º Webinar Monitoramento COVID Esgotos nesta sexta-feira, 24 de julho, das 10h às 12h. O evento é gratuito, aberto a todos os interessados no tema e pode ser acessado por meio do link https://bit.ly/3h7ZQCI sem necessidade de inscrição prévia. 

Com o tema Compartilhando Experiências de Monitoramento no Brasil, o 2º Webinar discutirá diferentes ações de monitoramento da COVID-19 em esgotos que estão acontecendo pelo País, como no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. O encontro on-line também busca estimular a troca de informações por especialistas que atuam nas áreas de recursos hídricos, saneamento básico e saúde. 

O 2º Webinar terá moderação do superintendente de Planejamento de Recursos Hídricos da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), Sérgio Ayrimoraes. Quatro palestrantes, apresentarão experiências de diferentes regiões do País: Aline Campos, da Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS); Juliana Calábria, do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) ETEs Sustentáveis/UFMG; Maria Sato, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB); e Tatiana Prado, da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ).

Também haverá três debatedores: Fuad Moura, da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB); Marília Mello, do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM); e Thais Cavendish, do Ministério da Saúde. Eles contribuirão para as discussões com sua visão acerca dos temas recursos hídricos, saneamento e saúde.

Durante o 2º Webinar também será apresentada a evolução dos resultados do projeto-piloto Monitoramento COVID Esgotos, que vem acompanhando os esgotos de Belo Horizonte e Contagem (MG) há 13 semanas consecutivas. Segundo o Boletim de Acompanhamento nº 07/2020, divulgado em 17 de julho, cerca de 500 mil pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus em Belo Horizonte, o que equivale a 20% de toda a população da capital mineira. A estimativa foi feita com base em amostras coletadas na 27ª semana epidemiológica, entre 29 de junho e 3 de julho. Acesse aqui todos os boletins já produzidos.

Este Webinar é uma parceria da ANA com as demais instituições que atuam no Monitoramento COVID Esgotos: INCT ETEs Sustentáveis, IGAM, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Companhia de Saneamento de Minas Gerais (COPASA) e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

Sobre o projeto-piloto

O projeto-piloto Monitoramento COVID Esgotos tem o objetivo de monitorar a presença do novo coronavírus nas amostras de esgoto coletadas em diferentes pontos do sistema de esgotamento sanitário de Belo Horizonte e Contagem, inseridos nas bacias hidrográficas dos ribeirões Arrudas e do Onça. Assim é possível gerar dados para a sociedade e ajudar gestores na tomada de decisões referentes à pandemia.

O trabalho, que terá duração inicial de dez meses, é fruto de Termo de Execução Descentralizada (TED) firmado entre a ANA e o INCT ETE Sustentáveis/UFMG. Com a continuidade dos estudos, o grupo pretende identificar tendências e alterações na ocorrência do vírus nas diferentes regiões analisadas para entender a prevalência e a dinâmica de circulação do novo coronavírus.

Os pesquisadores participantes no estudo reforçam que não há evidências da transmissão do vírus através das fezes (transmissão feco-oral) e que o objetivo da pesquisa é mapear os esgotos para indicar áreas com maior incidência da doença e usar os dados obtidos a partir do esgoto como uma ferramenta de aviso precoce para novos surtos, por exemplo.

Com os dados obtidos, será possível saber como está a ocorrência do novo coronavírus por região, o que pode direcionar a adoção ou não de medidas de relaxamento consciente do isolamento social. Também pode possibilitar avisos precoces dos riscos de aumento de incidência do COVID-19 de forma regionalizada, embasando a tomada de decisão pelos gestores públicos.

Futuramente os resultados preliminares da pesquisa serão divulgados na forma de mapas dinâmicos, que possibilitarão acompanhamento da evolução espacial e temporal da ocorrência do vírus.

Outras ações de comunicação do andamento dos trabalhos também estão em curso. No dia 22 de maio foi realizado o webinar COVID-19: Monitoramento do Esgoto como Ferramenta de Vigilância Epidemiológica. O vídeo com as palestras e as apresentações está disponível no canal da ANA no YouTube.

Próximos webinars

Para o restante de julho estão previstos dois eventos da série Webinar de Capacitação da ANA: 

 

Os webinars da ANA estão disponíveis no canal da Agência no YouTube (www.youtube.com/playlist?list=PLdDOTUuInCuzz4MwUVxy3dcZkUckrQocb) e no site da ANA (www.ana.gov.br/videos).

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)
(61) 2109-5495/5103/5129