Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projetos de uso consciente da água são premiados em parceria MEC-ANA

Notícias

Projetos de uso consciente da água são premiados em parceria MEC-ANA

publicado: 18/12/2017 16h00 última modificação: 19/12/2017 15h46
Lauro Medeiros Entrega do prêmio aos vencedores da categoria especial "Conservação e uso consciente da água"

Entrega do prêmio aos vencedores da categoria especial "Conservação e uso consciente da água"

Na noite desta segunda-feira, 18 de dezembro, dos 168 trabalhos inscritos na 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil na categoria especial “Conservação e Uso Consciente da Água” seis foram agraciados com troféus e com a premiação máxima da categoria: a participação, com apresentação dos trabalhos vencedores, no 8º Fórum Mundial da Água, que acontecerá em Brasília entre os dias 18 e 23 de março de 2018. Esta é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que contou, nesta 10ª edição, com a parceria da Agência Nacional de Águas (ANA).

O Prêmio Professores do Brasil visa a reconhecer o mérito de professores pela contribuição dada à melhoria da qualidade da Educação Básica por meio do desenvolvimento de experiências pedagógicas bem sucedidas e, entre outros objetivos, valorizar o papel dos professores como agentes fundamentais no processo formativo das novas gerações.

Durante a cerimônia de premiação que ocorreu em São Paulo, foram conhecidos os seis vencedores nacionais, por categoria, fruto de uma lista com 30 ganhadores regionais. Além disso, houve a premiação aos vencedores das quatro categorias de temáticas especiais desta edição, a saber:  i) Esporte como estratégia de aprendizagem; ii) Conservação e uso consciente da água; iii) Estímulo ao conhecimento científico por meio da inovação; e iv) Uso de Tecnologias de Informação e Comunicação no processo de inovação educacional. 

Na temática especial “Conservação e Uso Consciente da Água”, o Prêmio Professores do Brasil premiou trabalhos dos municípios de Santarém (PA), Boa Vista (RR), Maceió (AL), Parintins (AM), Campinas (SP) e Riacho Fundo (DF) desenvolvidos por professores com o envolvimento dos alunos. Foram premiados os seguintes projetos e professores:

  • “Plantando Água, uma atuação na microbacia do Ipê”, do Centro Educacional Agrourbano Ipê, do Riacho Fundo (DF), professor Leonardo Teruyuki Hatano – que também foi um dos finalistas do Prêmio ANA 2017
  • “Lendas Amazônicas: saberes culturais sobre a conservação e o uso consciente da água”, da UMEI de Santana, de Santarém (PA), professora Adriane Gisele Sá Menezes; 
  • “Água: a importância do Rio Cauamé para a comunidade”, da Escola Municipal Martinha Thury Vieira, de Boa Vista (RR), professora Wilma Marinho Craveiro da Silva; 
  • “A lagoa é nossa: abrace esta ideia!”, da Escola Municipal Rui Palmeira, de Maceió (AL), professor Avani Rodrigues dos Santos; 
  • “Água limpa para os curumins do Tracajá: práticas sustentáveis para se ter água limpa”, da Escola Municipal Luiz Gonzaga, de Parintins (AM), professor Valter Pereira de Menezes; e 
  • “Da nascente água corrente, a história de uma mina”, da escola Culto à Ciência, de Campinas (SP), professora Aloisia Laura Moretto.

Conheça aqui todos os vencedores da 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil