Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Especialistas da ANA trocam experiências com mexicanos em gestão da informação sobre recursos hídricos

Notícias

Especialistas da ANA trocam experiências com mexicanos em gestão da informação sobre recursos hídricos

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 13/12/2019 21h54 última modificação: 21/01/2020 19h26

Raylton Alves com colaboração de Natália Batista

Nesta sexta-feira, 13 de dezembro, aconteceu a reunião de conclusão do projeto Ferramentas para Planejamento, Disseminação e Gestão da Informação dos Recursos Hídricos. O evento foi realizado no Ministério das Relações Exteriores do México, na Cidade do México, e contou com a presença de representantes da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Comissão Nacional da Água (CONAGUA), do México. 

Na missão técnica, realizada ao longo desta semana, os servidores da ANA Alexandre de Amorim e Marcus Fuckner tiveram reuniões de trabalho com diversas áreas do CONAGUA e do Instituto Nacional de Estatística e Geografia (INEGI), do México, sobre temas previstos no projeto. Os especialistas em geoprocessamento também apresentaram um workshop sobre Codificação Hidrográfica nas Instalações do Serviço Nacional de Meteorologia. Amorim e Fuckner compartilharam, ainda, com os técnicos mexicanos seus conhecimentos sobre esta ferramenta para codificação de informações e dados para bacias hidrográficas. 

A reunião foi presidida pelo diretor de Cooperação Sul-Sul e Aliança do Pacífico da Agência Mexicana de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AMEXCID), Rodrigo Hernandéz Arauz. O encontro também contou com a participação do embaixador do Brasil no México, Mauricio Carvalho Lyrio; da gerente de cooperação internacional da CONAGUA, Silvia Chávez Cereceda; dos especialistas em geoprocessamento da ANA; dentre outros participantes da CONAGUA. 

Nesta reunião de conclusão do terceiro projeto de cooperação, que beneficiou ambas as instituição, a ANA e a CONAGUA manifestaram interesse em continuar com a cooperação em projetos futuros em temas, como: desenvolvimento de planos de recursos hídricos nacionais e regionais, segurança hídrica, contas de água, bases de dados hidrográficos e cartográficas, metodologias para monitorar o cumprimento dos indicadores do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS6) em água e saneamento, entre outros. 

ODS 6 

ODS 6 visa a assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos até 2030. Este Objetivo de Desenvolvimento Sustentável também pretende fortalecer a participação das comunidades locais para melhorar a gestão da água e do saneamento. Outra meta é melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição. O avanço na implementação da gestão integrada dos recursos hídricos também é meta do ODS 6.

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5129/5495