Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ANA e CPRM capacitam técnicos de dez países em medição de grandes rios

Notícias

ANA e CPRM capacitam técnicos de dez países em medição de grandes rios

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 23/08/2019 11h17 última modificação: 23/08/2019 18h17
Exibir carrossel de imagens Daniel Cardim / Banco de Imagens ANA Análise dos dados em barco utilizado durante o treinamento

Análise dos dados em barco utilizado durante o treinamento

De 22 a 31 de agosto, o Amazonas recebe o 18º Curso Internacional de Medição de Descarga Líquida em Grandes Rios. Realizado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), a capacitação tem o objetivo de treinar profissionais sul-americanos da área de recursos hídricos em técnicas e metodologias utilizadas nos trabalhos de medição e cálculo de descarga líquida em grandes rios para que haja uma padronização nos procedimentos e difusão dos dados medidos. 

Entre os 36 profissionais que participam do 18º Curso, há 27 brasileiros da ANA, do CPRM e de outras instituições nacionais. Os outros nove alunos são de entidades da Argentina, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela. Nos dois primeiros dias acontecem a abertura e aula teórica no Auditório do Serviço Geológico do Brasil em Manaus. De 24 a 31 de agosto acontecem as atividades práticas em barco no rio Solimões nas proximidades de Manacapuru (AM). 

Com a medição em grandes rios, os especialistas podem calcular a disponibilidade de água de um curso d’água de grande porte, como é o caso do rio Solimões, utilizando técnicas modernas e tradicionais. Também é possível realizar o controle de inundações, como já acontece no entorno de Manaus. A partir do Curso Internacional a Agência Nacional de Águas também vem integrando dados de monitoramento com países amazônicos, já que a bacia do rio Amazonas é transfronteiriça e recebe águas de outros países, como Bolívia, Colômbia, Peru, entre outros. 

O local escolhido é uma das maiores seções de medição do planeta devido ao grande volume de água que passa no local. Durante o curso já foi medida uma vazão de 160.000m³/s (160 milhões de litros por segundo) em 2012, patamar que só existe na bacia do rio Amazonas. Com esta vazão seria possível suprir 138 vezes o consumo médio de água do Brasil, que é de 1.158m³/s segundo o relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil, da ANA. 

Durante a abertura do 18º Curso, em 22 de agosto, o diretor da ANA Marcelo Cruz reforçou a importância da parceria entre a Agência e o CPRM e a relevância de ações de capacitação como a oferecida aos técnicos brasileiros e estrangeiros sobre medição de vazão em grandes rios. Ricardo Andrade, também diretor da ANA, abordou a ação conjunta da Agência e do CPRM na operação de aproximadamente 80% da Rede Hidrometeorológica Nacional, sendo que os dados obtidos são utilizados para tomada de decisão por gestores públicos quanto aos recursos hídricos. 

O 18º Curso Internacional de Medição de Descarga Líquida em Grandes Rios conta com apoio da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Governo do Amazonas, entre outras instituições parceiras. 

O Curso

A primeira edição desta capacitação aconteceu em 1985 e teve continuidade anualmente até 1988. Depois disso, o treinamento foi oferecido em 1994, 1996, 2000 e 2002. De 2004 a 2019 o evento voltou a ser realizado anualmente, totalizando 25 edições, das quais 18 foram internacionais.

Rede Hidrometeorológica Nacional

A ANA monitora os rios do Brasil por meio da Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN), que possui mais de 5 mil estações de monitoramento em todo o País, sendo mais de 2,2 mil fluviométricas (nível e vazão de rios) e mais de 2,7 mil pluviométricas (chuvas). Também há sedimentométricas (sedimentos), de qualidade da água, entre outras. Para acessar dados telemétricos da Rede, acesse: www.snirh.gov.br/hidrotelemetria.

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5129/5495