Você está aqui: Página Inicial > Notícias > ANA amplia base com informações sobre estações de tratamento de esgotos em todo o Brasil

Notícias

ANA amplia base com informações sobre estações de tratamento de esgotos em todo o Brasil

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 23/04/2020 13h17 última modificação: 23/04/2020 13h17

A Agência Nacional de Águas (ANA) disponibilizou no Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (SNIRH) uma atualização das estações de tratamento de esgotos (ETEs) existentes no Brasil. Segundo os dados coletados entre 2013 e 2019, o País chegou a 3.668 empreendimentos para o tratamento de esgotos em 2.007 municípios. Até 2013 os dados apontavam para um total de 2.768 ETEs, segundo o Atlas Esgotos: Despoluição de Bacias Hidrográficas. As 900 estações acrescentadas podem ser visualizadas em https://bit.ly/2x2CKMl

Pela classificação adotada pela Agência, as ETEs são classificadas conforme os métodos de tratamento que utilizam: sistema de lagoas, lodos ativados, tratamento químico e biológico, reatores anaeróbios, processos simplificados ou miscelânea de processos – quando mais de um método é empregado. Todas essas informações constam do mapa de Esgotamento Sanitário do SNIRH. 

A água que as pessoas consomem nas cidades retorna ao meio ambiente como esgoto. Para manter a qualidade do recurso e preservar a saúde pública, o esgoto precisa ser coletado e tratado. Pensando na importância desse processo, a ANA lançou o Atlas Esgotos em 2017, que fez avaliação de 2.768 estações de tratamento de esgotos existentes no País até 2013.

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5129/5495/5103