Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > União em prol do Iguaçu sai do papel

União em prol do Iguaçu sai do papel

por Fonte: Gazeta do Povo publicado 15/06/2010 00h00, última modificação 14/03/2019 16h42
Com a presença de autoridades locais e representantes de diversos setores da sociedade, o projeto Águas do Amanhã foi lançado oficialmente ontem em Curitiba. O programa de ações encampado pela Rede Paranaense de Comunicação (RPC) tem como objetivo principal sensibilizar e mobilizar a comunidade para os problemas da bacia hidrográfica do Rio Iguaçu, que, na região de Curitiba, tem suas águas bastante poluídas.
Com a presença de autoridades locais e representantes de diversos setores da sociedade, o projeto Águas do Amanhã foi lançado oficialmente ontem em Curitiba. O programa de ações encampado pela Rede Paranaense de Comunicação (RPC) tem como objetivo principal sensibilizar e mobilizar a comunidade para os problemas da bacia hidrográfica do Rio Iguaçu, que, na região de Curitiba, tem suas águas bastante poluídas.

Durante o evento, entidades ligadas principalmente ao setor público comprometeram-se a apoiar a iniciativa e a participar de um diálogo amplo em busca de soluções para reverter o grave quadro ambiental do principal rio do estado. “Todos temos a responsabilidade de preservar essa riqueza. A
RPC acredita que somente juntos poderemos garantir a qualidade de nossas águas”, resumiu Mariano Lemanski, vice-presidente do grupo.
 
O projeto tem o apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – que ontem firmou um convênio técnico-científico com a RPC –, da Agência Nacional De Águas (ANA) e da Fundação Roberto Marinho.

O principal momento da cerimônia foi a formalização de um conselho permanente que irá orientar as diretrizes técnicas do projeto. Entre os integrantes deste conselho estão representantes da RPC, da UFPR, do banco HSBC, da Sanepar e do Ministério Público Estadual, entre outros, além dos secretários estadual e municipal de Meio Ambiente: Jorge Callado e José Andreguetto, respectivamente.

“Parabenizo a RPC pela iniciativa e pela mudança da palavra ‘preocupação’ pela palavra ‘ação’. Com esse projeto, todo dia passa a ser dia da água no Paraná”, elogiou Jorge Callado. “Todos temos orgulho de dizer que Curitiba é a Capital Ecológica, mas temos uma grande tarefa pela
frente, até para poder falar isso de boca cheia”, completou Andreguetto. Para saber mais sobre o
projeto acesse www.aguasdoamanha.com.br.
Texto:Fonte: Gazeta do Povo