Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > Mesa discute papel do terceiro setor para uso sustentável da água

Mesa discute papel do terceiro setor para uso sustentável da água

por Ascom/ANA publicado 22/03/2010 00h00, última modificação 14/03/2019 16h40
Como o terceiro setor pode contribuir para o uso sustentável da água? Para responder a esta pergunta, representantes do setor debateram a questão durante mesa do evento oficial do Dia Mundial da Água no Brasil, que acontece nesta segunda-feira, 22 de março, em Curitiba. A iniciativa é promovida pela Agência Nacional de Águas (ANA), Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec) e Fundação Roberto Marinho.
Como o terceiro setor pode contribuir para o uso sustentável da água? Para responder a esta pergunta, representantes do setor debateram a questão durante mesa do evento oficial do Dia Mundial da Água no Brasil, que acontece nesta segunda-feira, 22 de março, em Curitiba. A iniciativa é promovida pela Agência Nacional de Águas (ANA), Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec) e Fundação Roberto Marinho.
 
Segundo o presidente do Compromisso Empresarial para Reciclagem (Cempre), Victor Bicca, o Brasil gera cerca de 150 mil toneladas de resíduos sólidos por dia. Por isso, o representante da ONG aponta a importância da coleta seletiva e do trabalho realizado por catadores. De acordo com Bicca, o Brasil tem índices expressivos em reciclagem, como: 96% das latas de alumínio, 54% de PET e 47% de papel e papelão. “Com a reciclagem contribuímos para a redução da poluição. O grande desafio que temos é dar aos resíduos valor econômico para que eles não acabem nos rios”, conclui.
 
A presidente no Brasil do State of the World Forum e coordenadora da Campanha Brasil 2020, Emilia Queiroga, abordou a questão das mudanças climáticas e os impactos nas comunidades. Conforme Queiroga, os governos (e o mundo) têm que implantar mudanças para se adaptar às alterações do clima. “É impossível fazer planejamento sem considerar as mudanças climáticas como um dos principais organizadores das políticas”, diz. Para a coordenadora da Campanha Brasil 2020, não dá para dissociar água e mudanças do clima. “Basicamente a crise climática está acontecendo em torno da água, de como vamos lidar com a água, que é vida”, ressalta Queiroga.
 
O diretor de Políticas da Fundação Avina, Waldemar de Oliveira, apresentou o tema da gestão comunitária da água e contextualizou a situação dos recursos hídricos e do saneamento na América Latina.
 
Dia Mundial da Água
 
Durante a 2ª Conferência Mundial para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (Eco 92), realizada no Rio de Janeiro, definiu-se que no dia 22 de março de cada ano seria celebrado do Dia Mundial da Água. Com a instituição do Dia Mundial da Água, os países foram convidados a aderir às recomendações da Organização das Nações Unidas (ONU) referentes aos recursos hídricos, conforme os contextos de cada país. A cada ano a ONU escolhe um tema para a data. Em 22 de março também é celebrado anualmente o Dia Nacional da Água, o qual foi instituído em 14 de maio de 2003, por meio da Lei nº 10.670. Para mais informações, acesse: www.ana.gov.br/aguasdemarco/2010/
Texto:Ascom/ANA
Foto:Raylton Alves / Banco de Imagens ANA