Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > Marisa Serrano comenta preparativos ao 6º Fórum Internacional da Água

Marisa Serrano comenta preparativos ao 6º Fórum Internacional da Água

por Fonte: Agência Senado publicado 08/06/2010 00h00, última modificação 14/03/2019 16h42
Presidente da Subcomissão Permanente da Água, a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) fez um rápido balanço da reunião preparatória ao 6º Fórum Internacional de Águas, a se realizar em Marselha, na França, em 2012.
Presidente da Subcomissão Permanente da Água, a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) fez um rápido balanço da reunião preparatória ao 6º Fórum Internacional de Águas, a se realizar em Marselha, na França, em 2012. A exposição foi feita, nesta terça-feira (8), durante reunião da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA).
 
Após ressaltar que um ex-dirigente da Agência Nacional de Águas (ANA) está à frente do evento, a parlamentar sustentou que o Brasil não pode deixar de acompanhar a questão das águas transfronteiriças e transnacionais. Um exemplo dado foi o do rio Amazonas, que nasce no Peru e passa pela Colômbia antes de chegar ao Brasil.
 
Istambul
 
Ainda ao comentar o evento de 2012, a senadora pelo Mato Grosso do Sul relembrou acertos do 5º Fórum Internacional da Água, realizado em Istambul, na Turquia, em 2009. Menção especial foi feita a uma reunião de grupo parlamentar de 127 países onde ficou patente que a "batalha" deste milênio não seria pelo petróleo, mas pela água. Na ocasião, inclusive, foi apresentada proposta de compartilhamento da água por países com abundância de mananciais, como o Brasil. Essa iniciativa passa pela noção, conforme acrescentou, de que o acesso à água deve ser reconhecido como um direito humano.
 
Marisa Serrano elogiou ainda decreto editado pela ANA e pelo Ministério do Meio Ambiente estabelecendo remuneração para produtores rurais que se responsabilizarem pela conservação de mananciais. Segundo informou, três municípios brasileiros já participam desse trabalho, como Campo Grande, às voltas com a preservação do rio Guariroba.
 
Nesse aspecto, o senador Jefferson Praia (PDT-AM) comentou que, apesar do expressivo volume de água do Amazonas, vários municípios do estado se ressentem com problemas no abastecimento e poluição dos igarapés.
- No momento em que o mundo discute as questões climáticas, não se deve deixar esse assunto (água) em segundo plano - defendeu o parlamentar amazonense, que passa a integrar a Subcomissão Permanente da Água, em vaga cedida pelo presidente da CMA, senador Renato Casagrande (PSB-ES).
 
Simone Franco / Agência Senado

(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
 
Texto:Fonte: Agência Senado