Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > Audiência discutirá medidas contra tráfico de água doce

Audiência discutirá medidas contra tráfico de água doce

por Fonte: Agência Câmara publicado 22/06/2010 00h00, última modificação 14/03/2019 16h43
A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional realiza audiência pública hoje para discutir medidas contra o tráfico de água doce de rios brasileiros. O debate foi proposto pelo deputado Lupércio Ramos (PMDB-AM).
22/06/2010 11:16

Audiência discutirá medidas contra tráfico de água doce
A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional realiza audiência pública hoje para discutir medidas contra o tráfico de água doce de rios brasileiros. O debate foi proposto pelo deputado Lupércio Ramos (PMDB-AM). Ele lembra que há denúncias de que navios de carga de empresas da Europa e do Oriente Médio estão enchendo ilegalmente os porões com água do rio Amazonas para comercialização.

Ouça trecho do programa Salão Verde com detalhes das denúncias de tráfico de água doce na Bacia Amazônica. Para ver a íntegra, clique aqui.A estimativa é que cada embarcação seja abastecida com 250 milhões de litros de água doce, para engarrafamento na Europa e Oriente Médio. A hidropirataria, como é conhecida a prática, foi confirmada por pesquisadores da Petrobrás e de órgãos públicos estaduais do Amazonas.
 
A captação é feita, principalmente por petroleiros, na foz do rio, e o contrabando é facilitado pela ausência de fiscalização na área. Para as empresas, essa água, mesmo em estado bruto, representa economia, pois o custo por litro tratado é muito inferior ao de processos de dessalinização de águas subterrâneas ou oceânicas.
 
Convidados
Foram convidados para o debate:
- o contra-almirante Antonio Fernando Monteiro Dias, do Comando de Operações Navais do Ministério da
Defesa;
- o secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio
Ambiente, Silvano Silvério da Costa;
- a coordenação de Articulação e Comunicação da Agência Nacional de Águas (ANA), Antonio Félix Domingues;
- o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa; e
- o diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Roberto Troncon.
A audiência está marcada para as 14 horas no plenário 15.
 
*Matéria atualizada em 22/06.
 
Da Redação/PCS
 
Texto:Fonte: Agência Câmara