Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > ANA tem dia de debates sobre mudanças climáticas

ANA tem dia de debates sobre mudanças climáticas

por ASCOM/ANA publicado 27/06/2007 00h00, última modificação 14/03/2019 16h36
Nesta quarta-feira, 27/06, o auditório da Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília, ficou lotado para o Seminário Recursos Hídricos no Contexto das Mudanças Climáticas. O público presente, especialmente composto de especialistas da ANA, assistiu a apresentações repletas de dados e argumentos ci
Nesta quarta-feira, 27/06, o auditório da Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília, ficou lotado para o Seminário Recursos Hídricos no Contexto das Mudanças Climáticas. O público presente, especialmente composto de especialistas da ANA, assistiu a apresentações repletas de dados e argumentos científicos sobre as mudanças climáticas.

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva; o diretor-presidente da ANA, José Machado; o presidente da Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH), Rui Carlos Vieira da Silva; e Marcelo Bentes, representante da Fundação Roberto Marinho (FRM), abriram o evento. O Seminário foi realizado numa parceria entre a ANA, a ABRH e a FRM.

Segundo Marina Silva, “ações urgentes em duas direções devem ser tomadas, no sentido de mitigar as causas das mudanças climáticas e, ao mesmo tempo, de nos adaptarmos aos efeitos das mudanças climáticas já em curso”. Já o diretor-presidente da ANA afirmou – em primeira mão – que a Agência capacitará um grupo de especialistas de seu quadro no tema das mudanças climáticas. Machado aproveitou a ocasião para homenagear Fábio Feldmann, um dos relatores da Lei das Águas (9.433/97), cuja aprovação aconteceu há dez anos.

Na primeira mesa, que tratou da questão científica envolvida em torno das mudanças climáticas, os cientistas Carlos Nobre, Luís Molion e Pedro Dias expuseram pontos de vista distintos sobre o tema. Enquanto Nobre e Dias vêem uma significativa influência do homem na mudança do clima global, Molion afirma que o quadro climático atual tem mais a ver com um processo natural de mudança do clima do que com a ação antrópica de emissão de gás carbônico.

As políticas públicas relacionadas às mudanças climáticas foram o tema da segunda mesa redonda. Autoridades como o diretor-geral do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Antônio Divino Moura; e o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Jerson Kelman, interagiram com o público.

Na terceira mesa, o papel da Comunicação Social na disseminação de conteúdos relativos às mudanças climáticas foi o tema central das discussões. Fábio Feldmann, secretário executivo do Fórum Paulista de Mudanças Climáticas, e Déborah Garcia, gerente de conteúdo do Canal Futura, foram alguns dos membros desta mesa.