Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > ANA recebe visita de missão técnica do México

ANA recebe visita de missão técnica do México

por ASCOM/ANA publicado 26/07/2010 00h00, última modificação 15/03/2019 09h19
A Agência Nacional de Águas (ANA) recebe nesta segunda-feira (26/07) uma missão de técnicos mexicanos da Comissão Nacional da Água (Conagua) que vai conhecer o Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (Snirh) e realizar um intercâmbio de informações hidrológicas entre Brasil e México.
Capacitação e troca de informações na ANA começam hoje e termina na sexta-feira 30/07
Técnicos da Conagua farão capacitação na sede da agência durante a semana toda e visitarão também a sala de controle do ONS
 
 A Agência Nacional de Águas (ANA) recebe nesta segunda-feira (26/07) uma missão de técnicos mexicanos da Comissão Nacional da Água (Conagua) que vai conhecer o Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos (Snirh) e realizar um intercâmbio de informações hidrológicas entre Brasil e México. O chefe de projeto e simulação hidrológica, Guillermo Bautista Bárcenas, a bióloga e chefe do projeto do Sistema de informação Nacional mexicano, Luz del Carmen Velazquez-Simental, e o engenheiro químico e gerente adjunto do Departamento de Qualidade da Água e Impacto Ambiental, Eric Daniel Gutierrez López, visitam a sede da ANA em Brasília para uma semana de capacitação e troca de experiências e de informações sobre os sistemas de informações de recursos hídricos dos dois países.

O diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu, recepcionou a comitiva mexicana e participou da reunião de abertura dos trabalhos na tarde de hoje na sede da Agência e salientou a relevância da parceria com a Conágua e a expectativa de que esse projeto de cooperação proporcione ganhos significativos para as duas instituições.  “Esta missão é um exercício de uma boa relação entre os órgãos federados dos dois países e espero que esta semana seja bastante proveitosa para todos”, disse Andreu aos técnicos mexicanos, acompanhado do diretor da ANA Dalvino Franca.

Andreu também lembrou a importância de uma articulação internacional do setor de recursos hídricos  e que uma parceria como a que existe entre o Brasil e o México também ocorra em um fórum mundial, onde os dados sobre o impacto das mudanças climáticas nos recursos hídricos sejam estudados e debatidos entre os países. “É muito importante a troca de informações de gestão e de governança do setor de recursos hídricos vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), assim como a criação de um Painel da Água para discussões em nível global, como o IPCC (Painel Intergovernamental sobre a Mudança Climática)”, destacou.

Esta é a primeira missão técnica mexicana no âmbito da implementação do Acordo de Cooperação intitulado “Apoio ao desenvolvimento de sistemas de informações sobre água”, assinado em 2 de fevereiro de 2010 entre a Conagua, a ANA, a Secretaria de Relações Exteriores do México e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC). Entre os objetivos do projeto, destacam-se a execução de um diagnóstico comparativo entre os Sistemas de Recursos Hídricos do México e do Brasil, transferir conhecimento a técnicos mexicanos em Sistemas de Informações sobre Recursos Hídricos contemplando o tratamento de dados hidrológicos e geográficos assim como transferir conhecimento a técnicos mexicanos em Sistemas de Informações sobre Recursos Hídricos, com ênfase em regulação e usos. 

Além de assistir várias apresentações feitas pelas superintendências de Gestão de Informação (SGI), de Outorga e Fiscalização (SOF), de Usos Múltiplos (SUM), de Planejamento de Recursos Hídricos (SPR) e de Gestão da Rede Hidrometeorológica (SGH) da ANA ao longo da semana, os técnicos mexicanos farão uma visita à sala de controle do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).  A missão termina na próxima sexta-feira (30/07).
Texto:ASCOM/ANA
Foto:Raylton Alves/Banco de Imagens ANA