Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > ANA e Antaq querem melhorar aproveitamento das hidrovias

ANA e Antaq querem melhorar aproveitamento das hidrovias

por ASCOM/ANA publicado 12/06/2008 00h00, última modificação 14/03/2019 16h35
Um melhor aproveitamento das hidrovias, potencializando a navegação e conciliando os interesses do setor com os dos outros usos, como geração de energia, irrigação, turismo, pesca, entre outros. Esse foi o tom do discurso da solenidade de assinatura do acordo de coop
Denise Caputo

Um melhor aproveitamento das hidrovias, potencializando a navegação e conciliando os interesses do setor com os dos outros usos, como geração de energia, irrigação, turismo, pesca, entre outros. Esse foi o tom do discurso da solenidade de assinatura do acordo de cooperação técnica da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), na manhã de hoje (12/6).

Com vigência inicial de cinco anos, o acordo visa a promover um intercâmbio de informações entre as duas agências, com integração de procedimentos para apoiar o planejamento do setor de recursos hídricos no que concerne à expansão e à adequação da malha hidroviária nacional.

“O Brasil tem um potencial muito grande para a navegação, e é preciso aproveitar melhor isso, até porque essa é uma forma de transporte ‘limpa’”, afirmou José Machado, diretor-presidente da ANA.

Para ele, o acordo é importante para o planejamento integrado. “Não é possível pensar em apenas um setor usuário de água: quem sabe um dia não faremos um acordo multilateral envolvendo os setores de recursos hídricos, de navegação, de geração de energia, de turismo, de saneamento etc.?”, concluiu.

Em sua fala durante a cerimônia de assinatura, o diretor-geral da Antaq, Fernando Fialho, reforçou que, ao expandir e melhorar as hidrovias, é possível tornar mais eficiente o escoamento de produções.